sábado, 6 de novembro de 2010

Carmen Moreno: Paixão de Ler (Poesia na Orla)


Carmen Moreno
e diversos poetas no evento
Paixão de Ler, Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro  
(Poesia na Orla), org. grupo Poesia Simplesmente
07 de novembro de 2010


Clique sobre a imagem abaixo, para ampliá-la:

Algumas imagens e poemas
recitados:
Livro Loja de Amores Usados (Multifoco),
de Carmen Moreno

TRILHAS

A vida, essa estranheza:
às vezes, becos escuros,
às vezes, bocas acesas!

 
Carlos Drummond entre Carmen Moreno e Delayne Brasil

A SUA PARTE

O mundo está em guerra.
Qual a sua palavra bélica?
Onde o seu amor emperra?
A guerra começa na sua terra.
Na casa do cotidiano.
No quintal do seu pensamento - insano.
Depois, vira fala.
E cresce em ato mesquinho.
E você atira, sem bala, no inimigo - seu vizinho.
O mundo está em guerra.
Qual o seu verbo que mata?
Qual o seu gesto que enterra?

 
Carmen Moreno
 (ao fundo, Karla Sabah e Eduardo Tornaghi,
integrantes do evento Paixão de Ler, na orla de Copacabana)

   MESA FARTA

Tomara que o grão se multiPLIQUE,
ploc, ploc, pule o milho na panela.
Que o pão se espalhe e espante a
fome secular.
Que o sim rejunte a fissura dos sorrisos,
e o rio lave a secura das bocas.
Tomara que o grão se parta em mil,
e brote (são) em todas as portas.
E que, gentil e farta, a farra das sementes
seja como Deus: para todos.

93 ANOS

Minha mãe é o tempo.
Templos, tendas, todas as casas, asas sobre nós.
Relíquias de alegrias, repartidas no gesto e na voz.
Moram mundos em seu coração de bronze,
que se estilhaça e se refaz, em incansáveis curas.
Orixás restauram o chão sob seus pés,
a cada desventura.

VÍDEO:

Poetas e público, no aquecimento da apresentação, no Arpoador:
Roda de Cacuriá do Maranhão, com a cantora Rosa Reis e o percussionista Leandro Maramaldo

Para assistir ao vídeo, clique na seta abaixo:
video
Poetas presentes no vídeo e no evento: Angela Carrocino, Karla Sabah, Delayne Brasil (poesia e música), Eduardo Tornaghi, Edmilson Santini (cordel), Gazal, Jorge Ventura, Julinho Terra, Laura Esteves, Ricardo Reis, Sandra Lopes, Silvio Ribeiro de Castro e Telma da Costa (poesia e música).






 

















Um comentário: