quarta-feira, 19 de julho de 2017

Mulherio das Letras (movimento e evento)



MULHERIO DAS LETRAS


"O Mulherio das Letras é um grupo feminista de mulheres diretamente interessadas na expressão pela palavra escrita ou oral e ligadas à cadeia produtiva do livro.

O objetivo do grupo é proporcionar trocas entre mulheres escritoras e ligadas ao universo das letras, para que possam se fortalecer como pensadoras da contemporaneidade, se sentirem acolhidas, fazerem trocas criativas e batalharem por metas a serem definidas em conjunto".

O Mulherio das Letras, idealizado pela escritora Maria Valéria Rezende, conta hoje com mais de 5.000 mulheres de todo o País, que participam de encontros regionais e utilizam canais da Web para a discussão de diversos temas e a organização de ações pertinentes aos objetivos do movimento.

O I Encontro Nacional do Mulherio acontecerá entre os dias 12 e 15 de outubro de 2017 em João Pessoa, Paraíba.


Participação de Carmen Moreno 
no encontro do Rio de Janeiro 
 (15/07/2017)

quarta-feira, 10 de agosto de 2016




FOTOS 
 DA NOITE DE AUTÓGRAFOS
 de 
"PARA FABRICAR ASAS"
(poesia, Ibis Libris)

CARMEN MORENO
Comemoração dos 30 anos 
de carreira da escritora

LIVRARIA DA TRAVESSA 
(Botafogo, Rio de Janeiro/RJ)

30 de maio de 2016

Fotógrafo: 

Ricardo Goldbach


Carmen Moreno autografando "Para Fabricar Asas"


 O poeta Tanussi Cardoso, recitando poemas do livro.


Com o artista plástico Wlademir Dias-Pino


Autógrafos


Com a atriz Rose Germano


 Com a editora Vivian Wyler


Com o poeta Marcus Vinícius Quiroga


    Com a cineasta Inez Cabral de Melo 



Parte do público, e a editora e poeta Thereza Motta, recitando


Com o poeta e irmão Tanussi Cardoso


Carmen Moreno - Livro Para Fabricar Asas


O poeta Igor Fagundes, recitando


Com a poeta Laura Esteves


Com a editora e poeta Thereza Motta


Com a poeta Regina Pouchain


O poeta Jorge Ventura, recitando poemas do livro


Com o poeta Cláudio Leal Cacau


Com o poeta Marcelo Mourão



Parte do respeitável público, formado por poetas, artistas, 
amigos, leitores, alunos de teatro
 e familiares!

(Mais de 200 pessoas prestigiaram o evento, 
que teve início às 18:30h e terminou às 22:00h)

Apoio: 
Vinícola AURORA









ENTREVISTA 


DE 


CARMEN MORENO


PARA 


LEONARDO ULIANA

SITE


 "DEZ MINUTOS DE ARTE":


video








CARMEN MORENO

 Cesar Cardoso e Christovam Chevalier 

e seus livros no programa

GLOBO NEWS LITERATURA,

 em matéria de Claufe Rodrigues

 (30/07/2016)

Veja no link abaixo:






Adquira o livro pelo site da editora IBIS LIBRIS 
ou na Livraria da Travessa de Botafogo 
(Rio de Janeiro/RJ)





domingo, 1 de maio de 2016


CONVITE


NESTA SEGUNDA (30 DE MAIO)

A POETA E FICCIONISTA 

CARMEN MORENO

FESTEJA

30 ANOS DE CARREIRA

LANÇANDO:

 PARA FABRICAR ASAS
(poesia - Ibis Libris)

LIVRARIA DA TRAVESSA:

R. Voluntários da Pátria, 97, Botafogo, 
Rio de Janeiro/RJ (perto do metrô)

Data: 30 de maio!

Horário: 19h às 23h


SARAU:

OS POETAS

Delayne Brasil, Eugênia Henriques, Jorge Ventura, 
Tanussi Cardoso e Thereza Motta 
realizarão leituras dos poemas do livro.

APOIO VINÍCOLA AURORA
(Sempre brindando à poesia!)


  •                                

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Carmen Moreno em publicação do PEN Clube



A Revista Convivência, 
do PEN Clube do Brasil
publica poemas de Carmen Moreno, 
inseridos no seu novo livro 
Para Fabricar Asas

Link abaixo 
Páginas 53 a 57


Leia a publicação aqui

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Nova premiação para Carmen Moreno




O CONTO INÉDITO O PODER DO VERBO

DA POETA E FICCIONISTA CARMEN MORENO, FOI PREMIADO PELO 

25º CONCURSO NACIONAL DE CONTOS JOSÉ CÂNDIDO DE CARVALHO,

PROMOVIDO PELA FUNDAÇÃO CULTURAL JORNALISTA OSWALDO LIMA. 

O CONTO RECEBEU O 4o. LUGAR, ENTRE OS 694 INSCRITOS DO BRASIL. 

domingo, 6 de dezembro de 2015

Para Fabricar Asas, de Carmen Moreno (poesia)



FOTOS DO LANÇAMENTO COLETIVO E SARAU 
Ibis Libris Editora
PRIMAVERA LITERÁRIA 2015

ENTRE OS LIVROS:

PARA FABRICAR ASAS
(poesia)
de 
Carmen Moreno

Imagens dos poetas:

Amélia Alves, Anna Maria Fernades, 
Astrid Cabral, Carmen Moreno, 
Claúdio Leal Cacau, Liane dos Santos, 
Olga Savary, Pedro Lyra,
e a poeta e editora Thereza Rocque da Motta









05 de dezembro de 2015, às 18h.
Museu da República - Rio de Janeiro,
Tenda infantil. 





segunda-feira, 23 de novembro de 2015

PARA FABRICAR ASAS, poesia, (Ibis Libris): novo livro de Carmen Moreno




O novo livro de Carmen Moreno,
PARA FABRICAR ASAS 
(poesia), Ibis Libris, 
terá, inicialmente, um lançamento coletivo na 

PRIMAVERA LITERÁRIA 2015.

A noite individual de autógrafos será no início de 2016.

Primavera Literária 2015: 
Jardins do Museu da República, 
Rio de Janeiro, de 3 a 6/12/2015 

Lançamento  coletivo: 
 sábado 5/12/2015, às 18h 

 9o. Festival de Poesia da Primavera Rio:
 Tenda Infantil, das 19h às 21h

AUTORES:

Carmen Moreno
Claudia Abreu Campos 
Jean Cândido 
Roberto Dutra  Jr.
Leila Oli 
Liane Dos Santos 
João Do Corujão
Afonso Henriques Guimaraens Neto 
Alberto Lins Caldas 
Anderson Lopes 
Alvaro  Nassaralla 
Anna Maria Fernandes 
Celso de Lanteuil 
Claudio Aguiar 
José Antônio Cavalcanti 
José Carlos Paiva Bruno, 
Pedro Lyra 
Moisés Guimarães 
Samuel Punzi




domingo, 30 de agosto de 2015

Poema do próximo livro de Carmen Moreno

REMORSO

Onde enterrar os beijos 
que não dei e quis?
Que luto lavará a dor do amor 
que não fiz?


Carmen Moreno 
(Livro Para Fabricar Asas) a ser lançado pela Ibis Libris Editora


sábado, 15 de agosto de 2015

Vídeo de Carmen Moreno (1 min.)

Vale relembrar! 

Trecho da apresentação 
de 
Carmen Moreno

 Evento:

"TeKnósPoiÉsis
Poéticas do oral ao digital: 
uma experiência para todos os sentidos

 Realização: Cátedra UNESCO de Leitura – PUC-Rio (2011)

Poema “Até que a vida nos separe”, do seu livro 
Loja de Amores Usados (Multifoco).

Música Meio Termo, de Lourenço Baeta e Cacaso:

video



                

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Poema inédito de Carmen Moreno





TRAÇAS



Casaram-se.

Aliança no dedo, não se aliaram.

Alheios à jura, julgaram-se.

Ódios, culpas saqueando o sim.

Tanta insensatez, 

o amor se desfez,

fim.


Carmen Moreno


domingo, 24 de maio de 2015

Carmen Moreno e Delayne Brasil no CABARÉ DA POESIA:




RECADO

Letra: Carmen Moreno

Música: Delayne Brasil

SE QUERES SABER, NÃO ENLOUQUECI. MERGULHEI EM MIM,
DA DOR EXTRAÍ RIQUEZA E AMPLIDÃO, NÃO ME PERDI.
SE QUERES SABER, DISPENSO PALPITES SOBRE O PERDÃO QUE NÃO TE DEI.
NA VERDADE, EU É QUE NÃO ME PERDOEI:
PELA ENTREGA DESMEDIDA, PELO ULTRAJE DE UMA VIDA.
TE AMAR FOI ABRAÇAR O MAR SEM BRAÇOS, SEM BOTE, SEM SABER NADAR,
SEM BALSA, SEM NORTE, SEM O BÁLSAMO DA SORTE.
SE QUERES SABER, HOJE SEI O QUANTO SOFRI EM TUA COMPANHIA.
UM NOVO AMOR É A SORTE DA ALEGRIA.
DISPENSO TEUS SINAIS, RESPEITA MINHA PAZ.
EX-AMOR NUNCA FOI BOM CONSELHEIRO,
ENCERRA NO SILÊNCIO NOSSO FIM. A VIDA QUIS ASSIM.
SE PERCA DE MIM, SE PERCA DE MIM.


terça-feira, 12 de maio de 2015

Poema inédito de Carmen Moreno

FÁBULA DA FILHA QUE VIROU MÃE

A mãe não costura mais o vestido da menina magricela.

Que não é mais magricela nem menina: cresceu por meio século.

A mãe tornou-se filha, quando os passos ficaram miúdos e os cabelos rareados.

Mora na cama do quarto, tangenciando o centenário e seu ônus.

Entre fraldas e enfermeiras, seu sorriso ensina a filha a ser rocha.

Inútil sofrer, temer a data, enfeitá-la para partir serena e sem danos...

A morte é sempre súbita, por mais que bafeje no cangote dos relógios,

e prometa visita sob o martelo dos doutores.

Mas a dita não traz na lápide o fim anunciado:

A mãe nunca partirá, costurada que está na alma da menina,

desdobrada no seu melhor gesto,

nas palavras espalmadas aos carentes de mãe e de sonho.

A mãe não é mais a fala fluida, a casa antiga, os bordados de flor,

a samambaia chorona, o jardim.

Não rega mais as plantas, não planta.

Mas é plena plantação.


Carmen Moreno

Foto: marcadores de livro 
bordados por Carmen Castilho Cardoso 
(mãe da autora)